quarta-feira, 11 de março de 2015

Movimento estadual de mulheres divulga manifesto pró democracia


As participantes do Encontro Estadual de Mulheres da CUT/MT, realizado dia 05 de março, na sede da entidade, se manifestam em concordância na defesa veemente da Democracia no País.
Com a retomada da liberdade de organização dos movimentos sociais, dentre eles o de mulheres, obtivemos em período recente importantes conquistas que contemplam as pautas das mulheres em especial no enfrentamento a violência de gênero com o Pacto proposto pelo Governo Federal, a Lei Maria da Penha e a aprovação da Lei do Feminicídio.
Somos contrárias à prática da corrupção e favoráveis a apuração dos fatos e punição dos corruptos e corruptores.
Apontamos para a necessidade de promover primordialmente, duas reformas:
1- Do Sistema Político, para reverter a sofrível realidade das sub-representações, em todos os poderes constituídos de mulheres, negras, negros e indígenas, enfim das trabalhadoras e dos trabalhadores.
2- A Democratização dos Meios de Comunicação, pois acompanhamos diuturnamente a mídia criminalizar ou invisibilizar todas as organizações de origem popular e democrática.
Conclamamos a todas as mulheres de luta para a defesa do projeto de sociedade encabeçado pela presidenta Dilma, mulher, mãe, guerreira, eleita democraticamente pela vontade do povo brasileiro.
Condenamos toda e qualquer forma de golpe ou impedimento da Presidenta Dilma.
Para tanto, convocamos todas as mulheres na luta pela construção de uma sociedade igualitária e socialmente justa a se manifestarem, saindo às ruas no dia 13 de março, próximo, pela defesa dos direitos da classe tabalhadora, da Democracia, da Petrobrás e pela Reforma Política.

Confira o Manifesto

MMCUT/MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário