quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Delegação de Mulheres de Mato Grosso irão participar da Marcha Mundial de Mulheres

As interessadas em participar devem procurar uma das entidades que estão comitê estadual

A Comissão de Mulheres do movimento Sindical e Social, que representa a MARCHA MUNDIAL DAS MULHERES (MMM) em Mato Grosso, chama para mais uma reunião, nesta sexta-feira, (09/08), na sede do Sintep/MT, para organizar a participação de uma delegação no 9º Encontro Internacional da Marcha Mundial de Mulheres, que pela primeira vez acontece no Brasil, entre os dias 25 e 31 de agosto de 2013, no Memorial da América Latina em São Paulo.

Nas reuniões da Comissão foi definido que as entidades irão viabilizar um ônibus e mobilizar, no mínimo 40 mulheres para participar da delegação. Com esse objetivo foi criada uma comissão para levantar recursos para a viagem (aluguel de ônibus, alimentação e camisetas para identificação da delegação).
As interessadas em participar devem procurar uma das entidades que estão comitê estadual da MMM: CUT/MT; SINTUF; SINTEP/MT;MST;FETECS; SEEB e FAMT.

Marcha Mundial
A Marcha Mundial nasceu em 2000, com uma grande mobilização de mulheres do mundo todo contra a pobreza e a violência. A organização das mulheres urbanas e rurais, em aliança com outros movimentos sociais é um princípio da MMM.

No 9º encontro, que conta com representantes de 50 países, serão definidas as Ações Internacionais de 2015 e terá início a transição do secretariado internacional da Marcha, que está no Brasil desde 2006.
O objetivo é fazer desse Encontro um espaço de intercâmbio de práticas políticas e experiências de construção de alternativas, de formação e aprofundamento de reflexões sobre temas que fazem parte da agenda política feminista.

Como parte dessa atividade, a CUT está organizando um Encontro Internacional de Sindicalistas Militantes da MMM. O encontro acontecerá no dia 25 de agosto e tem, entre outros, o objetivo de trocar experiências e também debater nosso papel e a nossa inserção na MMM.

Programação
O Encontro se inicia com uma abertura entre as delegadas internacionais (dia 25), segue com dois dias comuns de formação política e debate entre teóricas e pesquisadoras feministas e ativistas da MMM, relacionando teoria e prática feminista como partes de um mesmo processo (dias 26 e 27). Nos dias 28 a 30, enquanto as delegadas internacionais se concentram em debates sobre a vida democrática da MMM, as demais participam de atividades simultâneas como debates de formação e oficinas.
No dia 31, todas se reúnem em uma Assembleia para compartilhar análises e decisões, o Encontro se encerra com uma grande mobilização.
Durante todo o período iremos realizar uma Mostra de Economia Solidária e Feminista que permite o intercâmbio de ideias e produtos e a visibilidade das mulheres como atoras econômicas.


Com informações acesse MARCHA MUNDIAL DA MULHERES

Nenhum comentário:

Postar um comentário